Posts in tag

cansaço


[Você pode ler este texto ao som de Who Says] Nunca fui muito convencional aos olhos da minha juventude. Não que eu não saiba me divertir, mas provavelmente meu tipo de diversão é outro. Fosse pelo cansaço de sair de casa ou até mesmo por focar o meu interesse em algumas páginas de livros ou …

0 8.4k

[Você pode ler este texto ao som de Kitchen Door] Sabe quando as palavras somem, dindi? Tem sido difícil escrever por mim e pra mim desde que eu comecei a trabalhar com artigos e descrições e projetos para os outros. Há algo de estranho nisso tudo – é como se, quando eu me sentasse para …

0 1.1k

[Você pode ler este texto ao som de Catch in The Dark] De início, toda vez que você dizia que eu era seu porto seguro, causava em mim uma leve arritmia de felicidade. Finalmente eu me sentia realmente importante para alguém. Gostava que meu peito fosse seu refúgio, era indescritível sentir seus braços ao redor …

0 1.9k

[Você pode ler este texto ao som de Water Me] Saio de mais um encontro que acabou em nada. Desacreditado. É a palavra certa pro momento – ou pros momentos anteriores à cena. Não foi nada demais, tudo bem, mas esse “nada demais” foi se juntando aos outros “nada demais” que já tinham passado por …

0 1.2k

Este texto está concorrendo a uma vaga para os Colaboradores ETC 2013. Se gostar dele, dê seu like no fim da página para votar.   [Você pode ler este texto ao som de Sara Bareilles – Gonna Get Over You] Eu andei bêbada de você. Agora, o meu porre é pela sua falta. É pelas …

15 480

[Você pode ler este texto ao som de Trouble – Ray Lamontagne] Entra aí nesse carro e vambora, rapaz. Não teve nem prazer, nem apresentação. Foi a batida sonora da porta em um momento de fuga que apresentou a gente pro mundo. Ela dirigia um pouco rápido demais, mas o momento pedia fuga. Me questionei …

25 175

[Você pode ler este texto ao som de 99 Problems – Hugo] O problema de hoje em dia é que essas meninas andam decididas demais. Mal saíram das fraldas e já querem sair por aí com síndrome de ninfeta. São umas delícias, eu sei. Do tipo que a gente joga na cama e oferece um …

37 411

O tempo todo se fala de começar e fechar ciclos. O próprio ato de dormir e acordar na manhã seguinte sugere o fechamento de um dia e início do outro. São segundas, terças e quartas que nunca se repetem. São semanas que variam dentro de meses diferentes que transcendem anos. Um dia nunca é igual …

24 1k