Posts in tag

José Lucio dos Santos


Esquerda, esquerda, direta, esquerda. Gosto de cachorros, amo a natureza, curto filmes espanhóis. Sou publicitário, médico, artista, vocalista de uma banda que faz cover do Bon Jovi e voluntário em uma ONG que ajuda crianças carentes. Fiz dois intercâmbios, falo três idiomas, sou caseiro e detesto cigarro. No fim, somos todos iguais. Desesperados por um …

0 4.6k

[Você pode ler este texto ao som de Agora eu quero ir] Agora é cada um pra um lado e por si. Caminhos opostos para estranhos que se desconhecem cada vez mais, com o passar das horas. Não queria que fosse assim. Ninguém quer, né? É difícil aceitar um “não”. Sorte dos que conseguem vislumbrar …

0 5.8k

[Você pode ler este texto ao som de Misghided Ghosts] Se a felicidade se encontra em um relacionamento sério, talvez eu tenha me perdido, sozinho, na minha própria tranquilidade. Não que haja algum desdém da minha parte em relação às relações amorosas, mas eu prefiro me comprometer com a pessoa que paga as minhas contas, …

0 2.3k

[Você pode ler este texto ao som de Castle on The Hill] Desde pequeno, sempre cativei uma relação ímpar com cavalos, por ser do interior e filho de laçador. A primeira memória que me vaga a lembrança é aos 2 anos de idade, quando me colocaram no lombo de um. Era tudo tão grande e …

0 251

Depois de você a felicidade ganhou um par de olhos. Castanhos. Escuros. Intensos. Seu jeito despido de dizer verdades me conquistou há muito mais tempo do que você imagina: sempre gostei de gente capaz de ver por trás de uma casca. E você, meu bem…Ah, você é desses que desnuda a alma antes mesmo de …

0 302

[Você pode ler este texto ao som de Meu Cupido é Gari] Ando numa maré de azar tão grande, que minha própria sorte resolveu tirar férias vitalícias. Sempre acabo me afogando em mesas de bar, acompanhado de umas dezessete garrafas de cerveja e meia dúzia de amigos lastimando as desgraças do Tinder (sim, conseguiram mecanizar …

0 126

[Você pode ler este texto ao som de Já Sei Namorar] Toda a vez que escuto essa maldita frase é como se eu levasse um soco na boca do estômago. Como se precisasse interromper algo que ainda nem comecei, enquanto revejo a minha forma de agir e pensar sobre determinada situação ou pessoa. Pois bem, …

0 149

[Você pode ler este texto ao som de Mantra] Nunca encarei a solteirice como um problema. Mesmo sendo um carentão assumido, sempre tive consciência de que vim a este mundo sozinho e irei embora dele da mesma forma. Por vezes, me pego morrendo de medo do apego, não que seja ruim apegar-se, mas entendo que …

0 176

[Você pode ler este texto ao som de Segunda-Feira] Conseguisse despertar o meu pior lado, foste a lugares em mim que nem mesmo eu ousei entrar antes. Pelas tantas vezes que dilatei as pupilas por tua causa, entre amor e ódio, percebi que gostar de ti, certamente, fora a pior droga que eu já havia …

0 79