Posts in tag

escolhas


As informações presentes nesse texto podem te assustar, mas com certeza estão reunidas pra que você passe a enxergar melhor alguns pontos, acompanhe a leitura: Comecei a me perguntar, quantos dias eu realmente consegui aproveitar do começo ao fim, sem que eu ficasse pensando em algo que fez parte do meu passado, ou algo que …

0 2.9k

[Você pode ler este texto ao som de Who Says] Nunca fui muito convencional aos olhos da minha juventude. Não que eu não saiba me divertir, mas provavelmente meu tipo de diversão é outro. Fosse pelo cansaço de sair de casa ou até mesmo por focar o meu interesse em algumas páginas de livros ou …

0 7.5k

Você acorda, levanta, se arruma, vai para o trabalho. Senta na frente de um computador, levanta, come, senta de novo na frente de um computador, levanta mais uma vez, volta para casa. Toma um banho, assiste um episódio de alguma série, confere suas redes sociais e dorme. No outro dia, a mesma coisa. Uma escala …

0 3.6k

Você está em uma sinuca de bico: ficou com aquele cara e descobriu que ele é um mala sem alça e sem rodinha. Fala dos assuntos que menos te interessam na vida, tem opiniões totalmente contrárias as suas (ou pior: simplesmente não tem opinião nenhuma) e você não consegue pensar em nada que seja um …

0 6k

Olhares apaixonados. Livros inacabados. Filmes que até hoje não sabemos o final. Cervejas pelos bares da cidade. Mensagens atrevidas antes de dormir. Passeios pelo parque, músicas cantadas em alta voz, abraços apertados e beijos demorados. Será que tudo isso, na verdade, só aconteceu na minha imaginação? Não sei exatamente onde foi que deixamos de ser …

0 552

[Você pode ler este texto ao som de Light] Hoje eu vim trabalhar com o seu casaco. Ele é grande demais pra mim, mas tava sentindo frio e, por coincidência, ele tava dobradinho no topo da gaveta de casacos. Hoje ele me escolheu, como se eu fosse um Harry Potter desbravando o Beco Diagonal em …

0 211

[audio http://dl.dropbox.com/u/104739227/Retrovisor.mp3 |titles=””Retrovisor – Céu”] De um menu, escolho sempre a mesma entrada: esgotar brechas solitárias de uma página a mim confeitada. Um tempero que não abandono: me untar até o último grão de tudo. Garfo palavras, antes de esfriarem. Amasso frases, para que se encaixem no cantinho inferior do papel. Um prato-feito-escrito escorrendo da minha …

5 90

Não. Não significa que você a ama só porque você sofre por ela. Essa ideia masoquista e bastante comum de que sofrer por alguém representa um tipo de amor visceral e intenso é tão antiga quanto o romantismo que endeusava suas musas e pregava o sofrimento masculino. Isso vem do fato de que a gente …

24 245