Posts in category

Relacionamento


Foi sem querer que decidi ir embora. Você não sabe, moço, mas aquele dia acordei determinada a te deixar partir, porque eu teimava em olhar lá para frente e não havia um futuro para nós dois. Você sabia disso, tanto quanto eu. Incontáveis vezes você me disse, entre uma lágrima e outra, que não havia …

0 623

Não pensava há tanto tempo que seu rosto demorou a se formar na minha cabeça. Pensei assim, do nada, como quem lembra que precisa comprar shampoo. E finalmente, depois de tanto tempo, você me roubou um sorriso. Deu saudades, acredita? Eu não. Na última vez que pensei em você, todo sentimento bom ainda estava escondido …

0 729

[Você pode ler este texto ao som de One and Only] É engraçado pensar que cheguei até aqui sem você. Sério, é surpreendente perceber que cheguei tão longe. É curioso lembrar a dor que eu senti quando você foi embora, como se tivesse levado consigo uma parte de mim. Na verdade, você levou. E tudo …

0 408

Eu só deixei o casaco em cima da cômoda durante a tarde e ela já chegou jogando tudo o que é meu para o alto. Vestiu-se para não sentir frio, pegou uma coberta para deitar com a cabeça no meu peito no sofá da sala. Queria um romance clichê meia boca, mas eu sou de …

0 324

– Antes de ir… me responde uma coisa? – Fala… – Dói menos quando a gente decide ir embora? Eu pude sentir as lágrimas se formando… Tentei manter o olho aberto pra ver se a brisa as secava antes de caírem. Não caíram. Mas meus olhos ficaram com aquela cor de mar, certeza. E você …

0 226

“Por favor, não me ame tanto”, pensava eu quando ela chamava meu nome, com aqueles olhos sorrindo e o coração audível. Eu a vi se perder no oi, enquanto tentava se esconder atrás de seu cabelo. Mulher forte feito menina, no topo dos seus um metro e setenta e dois, desmanchou-se quando a fiz minha, …

0 164

“Térreo”. Era a voz programada do elevador, abrindo as portas em seguida. Como sempre, saí naquele limiar de leve e pesado da terapia. Leve porque tinha entendido uma série de coisas; pesado porque tinha me intrigado com inúmeras outras. Só quem deita no divã consegue entender essa dualidade que é, também, criadora da nossa vida. …

0 113

[Você pode ler este texto ao som de Don’t You Remember] Ficou seu livro do Bukowski. Na estante da minha sala, entre o Leminski e a Lispector. Até pensei em te ligar e falar que cê podia passar aqui em casa pra buscar, que eu podia oferecer café e umas horas de papo bom, como …

0 94

-Você estava certa. -Não estava. Nunca estive. Bom. Agora estou. -Sempre esteve. Desde o início você disse que eu não era o cara certo pra você. -Eu estava errada. Os dois ficamos em silêncio. Passamos tanto tempo discutindo quem estava certo e quem estava errado nesses últimos anos que agora, finalmente, isso já não importava. …

0 177