[Você pode ler este texto ao som de Dancing On My Own] Foi foda, entende? Eu te pedi tanto, poxa, para que quando você fosse embora deixasse em qualquer canto a porra de um bilhete. Vasculhei a casa inteira atrás de um pedaço de papel e não encontrei um recado sequer. Nada. Nem a porcaria …

0 145

Hei, vem cá. Que tal a gente ser só amigo? Sem parar para complicar as coisas, sem misturar os sentimentos, colocar amor e foder tudo de vez. Você sabe que tudo vira caos quando pulsa amor demais, então a gente mantém esse amor num nível seguro de amizade. Na moral. Eu tô aqui pensando nas …

0 1.2k

Duvivier encheu de esperança os coraçõezinhos desavisados – incluindo o meu, que suspirou bobinho naquelas palavras bonitinhas, pouco se importando com o marketing. Se formos analisar friamente, o amor sempre um jeito de vender alguma coisa. Começou com as princesas da Disney, continuou com os livros e com os filmes. E vende, sabe por quê? …

0 854

Desculpa, mas eu vou embora. Foi ontem que decidi partir e eu preciso arrumar minhas coisas para sair antes que mude de ideia – outra vez. Por favor, aceita. Eu já guardei as mágoas, as saudades e os planos dentro da mala, junto com algumas roupas usadas e uma camiseta tua. Não, não me olha …

0 299

[Você pode ler este texto ao som de I’m Not Coming Back] Eu amei te ver e constatar que você ainda era o mesmo. Seu cabelo bagunçado balançava com o vento. Teu riso tingia tua íris, deixando-a mais céu do que nunca. Percebi, debaixo da camisa branca, que a tua ida à academia continuava firme. …

0 110

Estou cheia, empanzinada, agoniada. Tem excesso demais por todos os lados e eu me permiti absorver esses exageros como se não houvesse amanhã – e, de fato, o amanhã mesmo nunca chega. O coração acelera todas as vezes que me sinto cheia. Suspiro. Reviro os olhos. Sorrio. A verdade é que me enchi de você. …

0 126