[Você pode ler este texto ao som de Ruin] Passei madrugadas dias atrás conversando com uma amiga que acabou um relacionamento há um tempo e não conseguiu enxergar o universo se reconstruir ao redor depois de tudo. Passou mês, passou ano, passou madrugadas e mais madrugadas e nada voltou para o lugar. Diz que o …

0 375

[Você pode ler este texto ao som de Gasoline] A única certeza que tinha quando desliguei o carro na garagem e toquei no primeiro degrau da escada, ainda a caminho do quarto, era que nada seria como na noite anterior. Não seria o mesmo modo de fechar os olhos e tentar pegar no sono, não …

0 583

Uma das frases que mais me marcou na história da literatura e do cinema é uma das tantas que Supertramp solta em Into the wild: o importante na vida não é necessariamente ser forte, mas se sentir forte. E do tanto que eu gosto dessa afirmação e ela faz sentido pra mim, trato logo de …

0 279

[Você pode ler este texto ao som de All I Ask] Em situações extremas em que o palpável foge do nosso controle, temos o costume de alterar a realidade. Logo antes de o mundo desabar na frente dos meus olhos, numa espécie de faca cravada na minha esperança, a única coisa que passava na minha …

0 350

[Você pode ler este texto ao som de A Noite] A única coisa que eu conseguia sentir ontem a noite era uma dúvida chata pinicando aqui dentro. Não sei como as coisas vão ser daqui pra frente, mas ainda assim tinha uma certeza de que a gente não é obrigado a carregar ninguém por aí. …

0 260

[Você pode ler este texto ao som de The Fault In Our Stars] A tortura mais dolorosa pra mim sempre foi a de lembrar e querer tanto alguém que não se pode ter a ponto de fazer o próprio universo girar em torno da tal pessoa. Perdi noites e mais noites de sono planejando uma …

0 15.2k

[Você pode ler este texto ao som de All Comes Down] A única coisa que eu lembro é do modo que ela baixava os olhos e corava em toda vez que ficava sem jeito. Depois de um tempo a gente vai deixando de lado todas as partes ruins, todos os pratos atirados no outro feito …

0 247

[Você pode ler este texto ao som de Cupid] Passo todo santo dia por uma praça movimentada em que um músico toca alguma melodia bonita no saxofone e chego em casa com aquela sensação de que existe amor por aí. Você já sentiu como se existisse amor pra caramba por aí e isso fosse longe …

0 134

Dê play e ouça a interpretação do texto por Olivia Dias A gente tava caminhando na praça e eu dizia umas coisas confusas, gritava pra mim mesma que era melhor me acalmar e ir preparando o meu peito pra conviver com você. Nem era nada demais, nem medo demais porque o passado me assombrava, era só …

0 4.1k