[Você pode ler este texto ao som de Fools] Eu parei na porta de entrada para ver se me deixava tocar pela corrente de ar. Fiquei ali por um tempo, virei a madrugada inteira esperando a chave virar e as coisas acontecerem, mas não funcionou assim. Bateu um calor desgraçado quando eu vi que não …

0 638

Eu só deixei o casaco em cima da cômoda durante a tarde e ela já chegou jogando tudo o que é meu para o alto. Vestiu-se para não sentir frio, pegou uma coberta para deitar com a cabeça no meu peito no sofá da sala. Queria um romance clichê meia boca, mas eu sou de …

0 235

[Você pode ler este texto ao som de Touch It] Quando fechei as janelas do quarto, percebi que já não havia claridade suficiente aqui dentro. Parecia pouco demais quatro lâmpadas espalhadas pelo cômodo, mesmo eu sabendo que não seria a mesma que a luz natural que vem de fora para dentro. É engraçado pensar assim …

0 108

[Você pode ler este texto ao som de Love Yourself] Uma das certezas que eu tenho na vida e grito por aí é a de que não conseguimos viver sozinhos. Alguns não entendem meu ponto, outros bradam solteirice como se eu tratasse o estado civil como crime inafiançável. A maioria das pessoas carrega essa dependência …

0 70

[Você pode ler este texto ao som de Feito pra Acabar] Feito para acabar e se desfazer em pó. Foi a primeira coisa que passou pela minha cabeça depois de fechar as portas do escritório e decretar o fim de mais um dia em que nada pareceu especial. Planilhas aqui, uma pilha de afazeres do …

0 64

[Você pode ler este texto ao som de Ruin] Passei madrugadas dias atrás conversando com uma amiga que acabou um relacionamento há um tempo e não conseguiu enxergar o universo se reconstruir ao redor depois de tudo. Passou mês, passou ano, passou madrugadas e mais madrugadas e nada voltou para o lugar. Diz que o …

0 47

[Você pode ler este texto ao som de Gasoline] A única certeza que tinha quando desliguei o carro na garagem e toquei no primeiro degrau da escada, ainda a caminho do quarto, era que nada seria como na noite anterior. Não seria o mesmo modo de fechar os olhos e tentar pegar no sono, não …

0 69

Uma das frases que mais me marcou na história da literatura e do cinema é uma das tantas que Supertramp solta em Into the wild: o importante na vida não é necessariamente ser forte, mas se sentir forte. E do tanto que eu gosto dessa afirmação e ela faz sentido pra mim, trato logo de …

0 41

[Você pode ler este texto ao som de All I Ask] Em situações extremas em que o palpável foge do nosso controle, temos o costume de alterar a realidade. Logo antes de o mundo desabar na frente dos meus olhos, numa espécie de faca cravada na minha esperança, a única coisa que passava na minha …

0 46