[Você pode ler este texto ao som de Mantra] Nunca encarei a solteirice como um problema. Mesmo sendo um carentão assumido, sempre tive consciência de que vim a este mundo sozinho e irei embora dele da mesma forma. Por vezes, me pego morrendo de medo do apego, não que seja ruim apegar-se, mas entendo que …

0 176

[Você pode ler este texto ao som de Segunda-Feira] Conseguisse despertar o meu pior lado, foste a lugares em mim que nem mesmo eu ousei entrar antes. Pelas tantas vezes que dilatei as pupilas por tua causa, entre amor e ódio, percebi que gostar de ti, certamente, fora a pior droga que eu já havia …

0 79

[Você pode ler este texto ao som de Who Says] Nunca fui muito convencional aos olhos da minha juventude. Não que eu não saiba me divertir, mas provavelmente meu tipo de diversão é outro. Fosse pelo cansaço de sair de casa ou até mesmo por focar o meu interesse em algumas páginas de livros ou …

0 5.3k

[Você pode ler este texto ao som de Last Hope] Eles irão inventar milhares de maneiras e motivos para que tu tenhas medo. Ditarão as regras, com voz de experiência e olhos de quem já viu um pouco de tudo, mas enxergou bem pouca coisa. Parece que as feridas alheias nos doem, mesmo que a …

0 50

[Você poder ler este texto ao som de Você Vai Lembrar de Mim] Tu eras alguém que eu queria por perto, mesmo que fosse assim, de longe. O beijo era de cinema, o sexo impecável e as conversas poderiam durar duas vidas. Ainda assim teríamos bons causos para contar aos filhos que não tivemos. De …

0 135

[Você pode ler este texto ao som de “Take Me To Church“] A cena é sempre a mesma. Parece que estou preso a um trecho de filme, desses que a gente põe pra assistir antes de dormir, e acaba pegando no sono antes que ele termine, mas já conhece o final. Chegas como quem não …

0 71

Quer saber? Nunca me senti tão vivo. Com problemas de gente grande, um emprego estável, em teoria, e muita vontade de parafrasear a minha sorte em qualquer boteco de esquina. Não costumo desdenhar daquilo que faz meu coração pulsar, mas é exatamente por manter meus pés no chão que não tenho medo de abrir minhas …

0 114

[Você pode ler este texto ao som de Relicário] Quando a saudade aperta, os olhos acabam refletindo a tua falta. É como olhar diretamente para o sol e abaixar a cabeça em seguida para conter lágrimas genéricas, que são isentas de qualquer tipo de culpa, sabe? Talvez eu tenha sido a pessoa certa na hora …

0 220

O problema sou eu, e você. É aquela música insuportável que você adora, a minha mania de deixar a tampa da privada levantada e as tempestades, que começam num copo d’água e terminam com a minha paciência. Somos nós, é o que você se torna quando está comigo e o que eu deixo de ser …

0 73