[Você pode ler este texto ao som de Boys Don’t Cry] A música dos anos oitenta não faz o menor sentido. Não, eu não tenho a mínima base teórica-musical para solar meus argumentos numa discussão sobre isso, e na verdade, não falo em tom de crítica. Mesmo. O rock dessa época é o meu estilo …

0 648

[Você pode ler este texto ao som de Perfect] Durante a alta idade média era comum que as famílias mais tradicionais e abastadas usassem seu brasão em estandartes, armaduras e escudos. Geralmente os brasões tinham armas ou animais em seus desenhos, uma família escocesa, no entanto, fazia diferente. Sua insígnia era pura e simplesmente um …

0 1.1k

[Você pode ler este texto ao som de Yellow] Quando se ama uma loira, tenho certeza, se tem um raio de sol em meio a todos os seus pensamentos mais nublados. É uma experiência comum entre todos aqueles bravos ou tolos demais para abrigar no coração a mulher de cabelos cor de ouro ter seus …

0 362

Quando se ama uma morena, sem dúvida alguma, se ama também um pedaço do céu. Não é fato novo àqueles que se encantaram por uma mulher de cabelos cor de madrugada, estar confusos ou perdidos nas próprias convicções. Ela muda com mais naturalidade que a Lua. Tem em si tantos nuances e formas que deixa …

0 263

[Você pode ler este texto ao som de Vermelho] Quando se ama uma ruiva, por definição se é um forte. Não que para amar uma ruiva se necessite muito esforço ou dedicação fora de medida, não. A verdade é o justo oposto, lhe digo. Amar uma ruiva é fácil e natural como respirar, mas há …

0 294

[Você pode ler este texto ao som de Unpack Your Heart] Eu quero você inteira. Deixe que eu conte cada uma das suas marcas de batalha enquanto você me conta suas histórias. Tome a minha mão e me guie por onde nenhum outro jamais esteve. Me mostre o tesouro que você esconde por detrás destas …

0 428

Ele acordou e não tinha nenhuma mensagem dela no celular. Levantou, botou o café para passar, fez a barba e tomou banho quente. Tomou o café enquanto ouvia um podcast sobre cinema, bateu a porta, voltou para pegar o casaco que tinha esquecido e saiu para o trabalho. Ainda não tinha nenhuma mensagem dela no …

0 219

Primeiro foi vermelho. Como uma caneta que corrige algo errado. A negação e a certeza de que aquilo não podia continuar. Tudo tinha sido um erro e que seria cometido uma única vez, por eu ter bebido, claro. Não, não continuaria. E talvez eu nem tenha gostado tanto assim. A euforia, a animação e o …

0 258

[Você pode ler esse texto ao som de The Only One] Ele é Tristão, ela é Julieta. Ele é o último romântico, ela sempre achou romances longos demais. Ele é Chopin, ela é Distillers. Ele decora sonetos de Vinicius, ela é o gingado da Garota de Ipanema. Ele é Bohemia, ela é um Bordeaux 1925. …

0 292