Duvido que você olhe pra mim da mesma forma que eu te vejo. Não é questão de não olhar: é questão de ver. Duvido que você entenda quando eu insisto em remar numa canoa furada. Não é questão de sobreviver: é de querer prolongar a sua companhia. Duvido que você seja tão neurótica quanto eu …

0 167

Algumas coisas nunca mudam. Outras mudam até demais. E é tão estranho se dar conta de que, de um tempo pra outro, o que era um mundo conhecido se torna indiferente. E que o mundo já não é mais seu. E que o meu mundo já não cabe no seu. Desalojar pessoas conhecidas do seu …

0 101

Não vai. Você não pode ir. Deixa o que sobrou de mim com você. Os meus segredos, o meu beijo de despedida, a minha promessa de amor, aquela foto na nossa formatura, aquele abraço na páscoa de 2007… Deixa tudo contigo. Fica aqui me olhando, me dizendo baixinho o que você não sabe dizer. Me …

8 200

Não existe saudades de alguém em especial. Não pra mim. Pra mim o que existe é a saudade do sentimento. A nostalgia de estar na companhia de quem eu era naquele momento. A minha companhia é a grande falta que me faz. A falta de ter a certeza de onde estou e do que estou …

2 90

Era a terceira vez que ela tentava escrever alguma coisa. Digitava uma frase e apagava em seguida. Nunca conseguia terminar aquele e-mail ou mandar as dezenas de cartas que tinha escrito. Não tinha a coragem de pegar o telefone e fazer uma ligação: seu orgulho também a impedia. Ele já não agüentava mais dormir. Mas …

0 248

Era Setembro, mês em que todas as memórias me levavam para uma única tarde de primavera fresca e dourada pelo sol suave que se punha na casa de campo. Dois amigos de infância, agora dois adultos com compromissos e responsabilidades, celebrando a vida num reencontro animado em que falávamos sobre tudo o que nos tinha …

4 139

Mais um final de dia. Cansaço e café. Café e cansaço. Rotina que me matava não só pelo sono que eu sentia quando chegava do cursinho, mas porque também não tinha tempo pra mais nada. A única coisa que me salvava eram as aulas de dança na sexta-feira. E disso eu não abria mão.  Podia …

0 141

O meu ouvido nunca foi muito apurado pra músicas antigas. Muito menos pra clássicos. Diria que não gosto dessa coisa Cult de se apegar a clássicos pelo seu valor cultural. O que me importa na canção é ir com a cara dela, independente de quem a canta. E partindo dessa idéia primeira quero compartilhar uma …

0 219

Estava eu – solitário, impaciente e distraído – num shopping aqui do Rio de Janeiro. Esperava por pessoas que demorariam a chegar, então fiz questão de procurar um lugar pra sentar e esperar. Com mais de 7 kg de peso na mochila e um celular pedindo pra mandar mensagens ociosas para amigos, comecei a abstrair …

0 129