Durante muito tempo, hesitei em dizer o que sentia. Acho que é um tanto natural, criamos certas defesas após tantas quedas e tropeços. Depois de um tempo, achei na escrita uma forma de falar sobre essas emoções. A vida real não parece suficiente para tantas coisas acontecidas e sentidas, por isso usamos a arte. De …

0 2.6k

[Você pode ler este texto ao som de Starlights] Dentre muitas coisas que meu ex-namorado me falou, uma ficou marcada fundo: “você é uma pessoa maravilhosa, mas”. E então ele terminou nosso relacionamento. Fiquei dias pensando que maravilhosidade de pessoa eu era para ter, depois de mim, uma adversativa. E, sobretudo, para ter, depois de …

0 1.6k

“Térreo”. Era a voz programada do elevador, abrindo as portas em seguida. Como sempre, saí naquele limiar de leve e pesado da terapia. Leve porque tinha entendido uma série de coisas; pesado porque tinha me intrigado com inúmeras outras. Só quem deita no divã consegue entender essa dualidade que é, também, criadora da nossa vida. …

0 786

Bateu um vento frio assim que dobrei a esquina, saindo do shopping. Pensei que pudesse ser alguma corrente do atlântico louca motivado por um fenômeno também louco com nome em espanhol que influenciava o ciclo de alguma coisa que não sabia bem o que era, afinal era verão e, ainda que à noite, deveria estar …

0 485

Não é novidade que todo final de ano colocamos no papel as perdas e as conquistas do ano que está se encerrando. Morbidamente enumeramos todas as vezes que morremos com as perdas irreparáveis e prontamente voltamos à vida com as pequenas vitórias diárias. Contamos nos dedos, um: todas as vezes que tomamos aquele remédio forte …

0 125

[Você pode ler este texto ao som de Bilhete] Ultimamente sempre me ponho a escrever ao final da tarde, com uma xícara de café com canela bem quente ao lado. Ou tento. É que também ultimamente tenho estado bloqueado para falar um pouco sobre essas coisas que a gente vai sentindo, sentindo, mas não tem …

0 169

Talvez você acorde e julgue ter chegado àquele momento da vida em que a única coisa que deseja é ir embora. Ir embora de tudo: da sua casa que não mais te abriga, daquela faculdade que não mais te entusiasma, daquelas horas intermináveis naquele emprego chato que mal paga a tequila dos finais de semana …

0 231

Anualmente, no mês de outubro, acontece uma das maiores campanhas mundiais contra uma doença que mata em silêncio: o câncer. Mais propriamente o câncer de mama, que atinge majoritariamente as mulheres. A campanha recebe o nome de Outubro Rosa e busca estimular a participação da população e entidades para a luta, conscientização e prevenção do …

0 73

[Você pode ler este texto ao som de All I Ask] Ontem à noite estava pensando nele. Principalmente por ser uma noite chuvosa e fria, em que, pela distância ou pelo cinza do tempo, eu fico ainda mais para dentro. E pensar assim doeu um bocado porque fui percebendo, por dentro daquela chuva toda que …

0 130