Friday 31st October 2014,
Entre Todas as Coisas

Daniel Bovolento

Daniel Oliveira responde pelo pseudônimo de Daniel Bovolento por questões familiares com sobrenomes italianos.

Se divide entre a primeira e a terceira pessoa. Carioca anti-padrão que vai irritar você antes mesmo de terminar esta página.

Sou egocêntrico. Daqueles que concentram tudo no “eu” e se esquecem do resto. Vai ver é por isso que me desdobro em eu-líricos diferentes que me possibilitam falar por mim e por outros. Sou chato-inho. Isso mesmo. Daqueles irritantes que não deixam cair a palavra da mão e a segura até encontrar alguma forma de transformá-la em prosa. Sou poeta fingidor. E isso é uma grande redundância da vida.

Nasci pra ser escritor e me pergunto todos os dias se isso é verdade. Mas eu tenho uma fixação que vai do apelo sentimental à extrema atração física pelas palavras. Pelos versos. Pelos parágrafos. E pelos pontos finais. São tantos pontos finais que acabo transformando todos em reticências. É pra não dar fim ao que eu penso ser.

Sou um “jornalista de comportamento” em mesa de bar, publicitário formado pela UFRJ,  botafoguense por amor e canalha romântico. Não presto e não devo ser levado a sério. Se eu fosse levado a sério, seria um chato-ão. Apesar disso, escrevo sobre relacionamentos e gosto do que o tema faz comigo.

Sou o Tom e a Summer de (500) dias com ela. O Guido Contini que conviveu entre mulheres e acabou com nenhuma delas. Um estranho que monta cenas e dita a vida de personagens sem dó nem piedade. Um tipo em extinção que torce para ser extinto de uma vez e acabar com essa mania chata de se ver em personagens de cinema. Dorian Gray do século XXI, com a vantagem de não ter um quadro amaldiçoado, nem a beleza e muito menos o vocabulário extenso e rebuscado. É, uma grande vantagem.

Se você quiser me contratar, eu me divido entre redação publicitária, jornalismo literário e social marketing.  Também sou colunista de alguns sites e blogs e escrevo praticamente para todas as ocasiões.

Quer algum texto ? Quer bater um papo ou algo do tipo? Críticas, sugestões e elogios?

Manda um e-mail para contatobovolento@gmail.com que a gente conversa.