[Você pode ler este texto ao som de It’s You]

Olá,

Sei que a vida tomou outros rumos

E vieram outras pessoas

Outros momentos.

Sei que teve coisa que passou e coisa que ficou.

Mesmo assim, não sei diferenciar muito bem.

Classifico como a falta que sinto de você

E a falta que eu finjo que não sinto.

Na verdade, sinto o tempo todo.

Meus textos são seus.

Minha vontade é sua.

A mágoa e a raiva, de mim.

A de você passou.

Foi embora com você.

Mas se eu pudesse desejar uma coisa, essa coisa seria uma palavra só.

Volte.

E se traga com ela.

Poderia pedir desculpas por tudo.

Mas às vezes as palavras valem tão pouco.

Você vale tão muito.

E não há o que eu possa te dizer.

Mas se eu pudesse, eu diria.

Saudades.

Lembra de mim…

E volte.