Desde que vi a campanha #naomedeflores (procurem saber) comecei a pensar (ainda mais) no verdadeiro significado do Dia Internacional da Mulher e pensei: “mas vai que as pessoas ficam confusas e não sabem o que dar pras minas num dia como o de hoje, né?” Então por isso, motivada por várias coisas bonitas que to vendo na internet hoje (obrigada por isso), decidi fazer essa lista bem explicadinha. Então em vez de flores, chocolates e até diamantes que tal dar essas coisas tão importantes pra gente?

1. Respeito

Respeito as nossas escolhas, as nossas atitudes e posturas e até a nossa presença nos lugares. Respeito independente da imagem que você faça da gente baseada somente na sua opinião. O respeito que vocês nos devem não podem ser dados apenas nos dias como o de hoje (08/03) ou quando vocês julgam que uma mulher seja “merecedora” de tal respeito.

2. Voz

Dar voz é respeitar a fala da mulher, dar espaço para que ela se expresse, porque ninguém além dela sabe o que é estar nesse lugar de ser mulher. Portanto, se você é homem, saiba ouvir e praticar a empatia. Se coloque no lugar daquela mulher, ainda que você não possa nunca ser protagonista disso – e que sorte a sua por isso.

3. Verdadeira equiparação salarial

Desde o começo dos movimentos feministas, essa foi uma das lutas e já avançamos um bocado, mas mesmo que você não saiba, finja não saber ou não acredite, essa disparidade salarial entre os gêneros ainda existe. Não entendeu? A gente explica. Tem muita mulher desempenhando a mesma função que um homem e ganhando menos e ainda tem empresa que acha certo já que ~mulher dá prejuízo quando tem filho e tira licença maternidade~.

4. Crédito

Quando uma mulher fala que se sente acuada por andar sozinha na rua a noite, não é frescura, é um sentimento corriqueiro e triste pelo qual passamos todos os dias, assim como muitos outros (que já falamos aqui). Por isso, nos dê crédito e acredite quando falamos. Nós não temos motivos para contar uma versão ainda mais assustadora das histórias que vivemos.

5. Justiça

Não criminalize uma vítima. Nunca! Nenhuma mulher tem culpa alguma por sofrer violência. Nada justifica uma mulher ser violentada física, psicologicamente ou de nenhuma outra forma. Não tentem justificar os seus machismos, ainda que sejam “inofensivos”, porque é nisso que se apoiam nossos espancamentos, estupros e mortes.

No Brasil, para denunciar crimes de violência contra a mulher ligue gratuitamente 180.

Vamos em frente que a luta continua!