1) Assumir as responsabilidades de suas escolhas

Nossas escolhas são só nossas, apesar de ouvirmos opiniões, dicas, conselhos, no final é só a gente que decide e é importante ter em mente que nem sempre escolheremos as melhores opções. Quando isso acontecer, é necessário muita maturidade pra assumir as responsabilidades e consequências do que escolhemos. Nossas escolhas as vezes tem desdobramentos maiores do que esperávamos, então, pense bem se o que você está decidindo não fará mal a ninguém, porque no final, a responsabilidade é sua.

2) Não se preocupar tanto

Ainda que suas decisões afetem outras pessoas, não se preocupe tanto. Sabe por que? A decisão já foi tomada e você dificilmente pode voltar atrás e desfazer algo já feito, então assuma a responsa e administre isso da melhor maneira possível. Não vai adiantar sofrer, passar horas pensando sobre isso e perder noites de sono se preocupando, as coisas continuam acontecendo enquanto você se preocupa. E principalmente, não se preocupe nem sofra por antecipação, porque não adianta e faz muito mal.

3) Fazer o seu melhor, sem fazer demais

Isso é uma coisa que pode custar bastante pra aprender, eu demorei, aprendi e ainda assim na maioria das vezes esqueço esse ensinamento. A questão aqui é: seja em uma amizade, no trabalho, na faculdade, nos relacionamentos, dê sempre o melhor de si, mas não tente fazer tudo. Pode parecer difícil de acreditar, porque saiu da adolescência a pouco tempo e a gente se achava super herói, mas a gente não pode fazer tudo. Então, saiba dos seus limites e respeite isso.

Nepomuceno

*Para fins de direitos autorais, declaro que as imagens utilizadas neste post não pertencem ao blog. Qualquer problema ou reclamação quanto aos direitos de imagem podem ser feitas diretamente com nosso contato. Atenderemos prontamente.