Carta para o meu eu adolescente


[Você pode ler este texto ao som de Dammit]

Querida versão adolescente,

Hoje você tem 15 anos e provavelmente está procurando algumas respostas para o que vai ser do seu futuro. Bom, desculpa te decepcionar mas, aos 25 você ainda tá procurando por elas. Mas, por estar 10 anos na sua frente, eu já posso te adiantar uma coisa: vai valer à pena.

Vamos começar pelas coisas importantes: em “Residente Evil 4”, pra você passar daquela parte que o caminhão desce a ladeira é só atirar no zumbi que tá dirigindo, ok? Sei que você tá empacado nessa parte.

Sei que você tá empacado também com garotas. Que você tem passado por decepções consecutivas. Da sua melhor amiga que só te via como confidente até a menina do inglês que descobriu que também gostava de garotas você já perdeu a conta de quantas vezes falou que ia deixar isso pra lá, que ia mudar e nunca mais ia se apaixonar. E é engraçado porque você mesmo sabe que não vai conseguir fazer isso.

Um dia ela chega. #entretodasascoisas #douglascordare (@douglasamaranhao)

A post shared by Entre Todas as Coisas (@entretodasascoisas) on

Ela vai vir, cara. Sei que você odeia ouvir isso, mas cê vai precisar ter paciência e aprender a esperar. A sua garota não tem pressa e vai te ensinar a ser mais tranquilo com isso também. Ela vai esperar até você ter desistido de tudo e achar que ela não vem mais pra aparecer. É bom você ir se acostumando porque ela adora fazer essas surpresas.

Dicas? Você não precisa. Acredite se quiser, vai ser seu jeito de não ter jeito com essas coisas que vai chamar a atenção dela. Eu sei que você vai ficar todo preocupado-falador-estilo-Alvy-Singer quando a conhecer e eu não vou dizer pra não fazer isso. Contra todas as possibilidades, é com um discurso desses atrapalhados e totalmente desastrosos seu que você vai conquista-la.

Mas é importante dizer: você viu filmes demais. Tira da sua cabeça todas essas histórias de cinema. Ela até vai gostar das suas rimas, mas vai preferir as suas mãos. Ela é boa de briga, mas é melhor ainda fazendo as pazes. Ela vai fazer seus defeitos parecerem muito mais graves e depois te contar que não se importa com eles. Ela, enfim, tá vindo para fazer, não só os próximos 10 anos, mas todo o resto da sua vida terem sentido. Não vai ser nada como os filmes que você já viu, vai ser muito melhor.

Eu sei muito bem o quanto você é ansioso e devo te avisar que você ainda vai passar uns anos difíceis, mas te escrevo essa carta para que você fique mais tranquilo afinal, é ela que tá te esperando lá na frente. E, como eu disse, vai valer à pena.

Não sei como essa história vai acabar, só quero que ela não acabe.

Se cuida, garoto.

doug

*Para fins de direitos autorais, declaro que as imagens utilizadas neste post não pertencem ao blog. Qualquer problema ou reclamação quanto aos direitos de imagem podem ser feitas diretamente com nosso contato. Atenderemos prontamente.

Comentários